VOLTAR

BLOG

30

NOV

2015

Como andam as redes sociais do seu negócio?

Categorias:

As empresas costumam menosprezar o papel das redes sociais no negócio, ao tempo que superestimam o seu resultado e não compreendem a sua real função.

Hoje estar em uma rede social é pensar que o seu negócio está aberto em tempo integral, falando de forma horizontal e próxima com o seu cliente. Você contratou um arquiteto, fez um belo projeto de ponto de venda para receber os clientes na loja? Por que a sua rede social pode ser feita de qualquer forma? Você escolheu a dedo as marcas que vai revender ou pensou em cada detalhe do serviço oferecido? Então por que a sua rede social aceita qualquer coisa?

Muito se fala em branding, que é conjugado no gerúndio não por acaso, mas por ser uma construção constante. E tem algo mais constante do que uma rede social? No meu ponto de vista, a presença digital de uma marca cumpre a função de construir a imagem da empresa. Dessa forma, precisa ter objetivos, precisa ser mensurada e não pode ser economizada.  Não pode ser resumido a um canal promocional, como muitas vezes acontece.

As redes deixaram as marcas mais expostas, mais acessíveis, exigiram mais verdade e integridade de marca. Se pensarmos por esse lado, uma boa comunicação em redes sociais reforça e colabora com a construção de posicionamento, mas precisa vir acompanhada de efetividade na entrega. Nunca as empresas estiveram tão próximas do seu cliente, nunca pequenos e grandes negócios estiveram tão sem hierarquia diante do público. É preciso diálogo com os consumidores.

Para lembrar:

  • Cada post feito, cada frase, cada fotografia, precisa ter a mesma qualidade que você entrega no seu produto ou serviço. As pessoas compram isso e percebem a sua empresa através da promessa das redes sociais.
  • A rede social é o lugar onde se constrói discurso e verdade. Sua estratégia é diferenciação, seus produtos são caros e a sua rede social está focada em desconto e promoção ou não tem nada para mostrar além de produto? Então você está fazendo constantemente uma campanha de 1.99 para uma boutique.
  • Imagine a rede social como um grande catálogo, onde cada comunicação individual precisa fazer sentido no todo, precisa formar uma única mensagem coesa e consistente. A credibilidade da sua empresa também está aí. É como se todo dia fosse preciso fazer um novo anúncio, como se estivesse escrevendo um livro, onde cada post é uma página que precisa contar uma história.
  • Sua marca não precisa estar em todas as principais redes sociais existentes. Melhor estar em uma ou duas, que estejam alinhadas com o que o seu negócio precisa, e fazer bem feito o trabalho.
  • Muitos likes não representam nada se você não tiver real engajamento e envolvimento do público.
  • Assim como em qualquer outro plano tático, o planejamento de conteúdo precisa de objetivos, de métricas, ser monitorado para entender para onde estamos indo, com quem estamos falando, quem estamos atraindo e onde estamos chegando. O seu público potencial tem de 40 a 50 anos, mas nas redes sociais seu envolvimento é com o público de 20 a 30? Tem algo errado aí.
  • O posicionamento de uma marca se constrói todo dia, a cada experiência. De nada adianta fazer um grande esforço concentrado de comunicação para o lançamento da sua marca ou um novo produto e pecar no dia a dia, no que sustenta a construção da marca. Portanto, estamos falando de frequência, contexto e construção.

>>> Invista na qualidade da sua presença digital, procure entender do assunto e perceber os movimentos que estão sendo feitos. É importante para você e estratégico para a construção da sua empresa.

 

Fonte da imagem: kommu.com.br

PARA ENTRAR EM CONTATO,

envie um e-mail para: patricia@patriciachiela.com.br

 

51 8192.4858

contato@patriciachiela.com.br

Porto Alegre, RS - Brasil